14 julho 2011







Não importa quantas pessoas estejam me rodeando. Eu sempre acabarei me sentindo como se fosse a única criatura existente no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário